decepciono

Meu primeiro post no Controle Y foi há exatamente dois anos. Bizarro, é palavra que melhor descreve esse período, caro leitor. Mais bizarro ainda, é como o mundo mudou nesse tempo. Absurdamente bizarro, é como eu mudei.

O que há de novo: Temos mais aplicativos de pegação – Happn, Bumble e KickOff. Ou seja, mais canais de rejeição.

O que descobri: Ao colocar “a fim de mamar” na observação de um pedido de táxi num app, você pode encontrar um taxista que esteja ~a fim de ser mamado~. **

***

O que há de novo: Abriu uma balada em São Paulo, na Augusta, chamada Playground.

O que descobri: Percebi que a Playground era um sex bar somente às 5h da manhã e que, na semana seguinte, fecharia sem me dar a oportunidade de voltar.

***

O que há de novo: Agora, nos EUA, foi aprovado o casamento gay em todos os Estados. Uhul!

O que descobri: Mais vale uma piroca na mão, do que aquela que a gente quer, mas está voando.

***

Enfim, muitas novidades e descobertas. Mas o que importa é que continuo acreditando no amor, assim como o Papa acredita em Deus, mas mantém o papamóvel blindado – cautela, sabe?

Hoje, com 25 anos, estou em uma crise como nunca estive antes. Graças a Deus. Até porque, textos maduros e bem resolvidos não tem a mínima graça, né?


*É muito bom estar de volta.  (;

** Diferentemente do Tinder, qualquer app de táxi, pelo menos, mostra que está >>ocupado<<. Afinal, todas as mensagens que estamos esperando do Tinder, chegam durante o date.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *