Sobre levar uma coisa ou outra para o lado pessoal!

Ouça em outras plataformas:   Spotify   |   Deezer   |  Apple Podcast   |    Google Podcast   |   Anchor (gratuito)

Controle Y Ilustração Gay Não é Nada Pessoal

Aos 16 anos, entrei numa papelaria e vi um cartão de Natal. Do lado de fora estava escrito: “Neste Natal, te dou de presente o meu coração…” Dentro, havia a continuação: “Mas você pode fazer o que quiser com o embrulho!”

Comprei o cartão com a promessa de dar para alguém que ~merecesse~!

CINCO anos depois (!!!), finalmente o merecedor (aka o que durou até o Natal) apareceu – o Luiz.

Estávamos juntos há alguns meses quando calhou de eu finalmente entregar o cartão. Ele adorou e disse que foi o primeiro que ganhou na vida.

CORTA A CENA:

Não nos falamos naquele Natal e nunca mais! Luiz começou a namorar um primo!!!

A verdade é: nunca foi algo pessoal, de ambos os lados. Tanto do Luiz, que só queria transar e não um cartão, quanto do meu, que só queria desovar algo (que me lembrava o quão encalhado eu era) para a primeira pessoa que aparecesse.

LUIZ, DEVOLVE O MEU CARTÃO, SEU INCESTUOSO!

Podcast

Após perceber levar um pé na bunda sob o pretexto de “não quero nada sério”, Y descobre que esse mesmo ex que lhe disse isso, começou a namorar 5 dias depois… Junto com a terapeuta holística, Aline Bimont (@alinebimont), Y tenta se convencer de que não tem que levar nada para o lado pessoal.

Instagram: @controle_y

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *