Quais são os motivos pelos quais eu não consigo me apaixonar? Um ex inesquecível (bom ou ruim) ou a sensação de sempre estar perdendo “algo melhor”?

Ouça em outras plataformas:

Spotify   |   Deezer   |  Apple Podcast   |    Google Podcast   |   Anchor (gratuito)

Não Consigo me Apaixonar

Separamos algumas razões que podem dificultar a nossa fé no amor.

Os motivos pelos quais eu não consigo me apaixonar:

Ex Inesquecível

Um ex relacionamento pode nos marcar, tanto por ser bom – quanto por ser ruim. Porém, a expectativa de um relacionamento ser igual ou parecido ao anterior pode colocar tudo em uma perspectiva complicada.

Tanto de achar que não encontraremos alguém “tão incrível como aquela pessoa” ou que “provavelmente outro alguém será igual ao meu ex – que foi um lixo”.

Ao usarmos pessoas como parâmetros, podemos sabotar nossas relações. É importante percebermos que ninguém é igual a ninguém. Sempre será diferente, até porque nem você é mais o mesmo do seu último relacionamento.

Medo de ser traído (novamente)

Uma traição pode nos atingir em diversos pontos: autoestima, comparação, decepção, se sentir enganado etc.

Mas parando para pensar: uma traição não diz mais sobre a pessoa do que sobre nós? Provavelmente é algo que ela sentiu falta e quis procurar, ou por puro mau-caratismo.

Entenda: não existe ninguém no mundo que você possa olhar e dizer: “esta pessoa nunca irá me trair!” Devemos desconfiar de todo mundo e viver com a sensação de estar sendo enganado ou admitir que não temos o controle sobre isso e encarar de uma maneira mais leve?

Por que você seria traídx novamente? Se o problema é AQUELA pessoa, procure outra. Alguém que te inspire (naturalmente) confiança.

Confiança vai além de garantir que não será traídx. É alguém que fará com que isso simplesmente nem se torne uma questão.

“Sinto que meu ex parece perfeito”

Quem nunca, depois de um relacionamento que nem foi tão bom, pegou uma sequência de pessoas piores ainda e até começou a achar o seu ex (sim, o que nem era tão incrível) perfeito?

É sempre bom ficar atento a memória seletiva. Tendemos a apagar os momentos ruins e lembrar somente dos bons em momentos de carência.

Não se achar merecedor

Por que você não merece o melhor do mundo?

“Não é o momento”

Quem disse que estar focado na carreira / em si mesmo não é uma forma de estar apaixonadx? Autoconhecimento é apaixonante!

P.S.: Dá preguiça mesmo.

Incerteza

O psicólogo Samuel Silva (@seja.cor) responde a pergunta “como uma pessoa consegue criar novas (ou mudar) percepções de relacionamentos, diante do medo do incerto?“, no Podcast.

“Sinto que ao Escolher uma opção estou perdendo outras”

Bauman disse em Amores Líquidos que culpar uma ˜escolha errada˜ ao invés da nossa incapacidade de conseguir viver bem e de acordo com as possibilidades oferecidas – é fugir da responsabilidade de nossas próprias escolhas.

É também uma desculpa para não se aprofundar em nada e esperar que algo a conquiste num curto espaço de tempo através de atributos superficiais, como a beleza, por exemplo.

Assim ficaremos num looping infinito de culpar pessoas (por não serem saradas, engraçadas, ricas e apaixonantes o suficiente) sem ao menos tentar algo, de fato.

Filtros demais?

Será que não estamos idealizando demais uma pessoa? Procurando por alguém sem nenhum defeito (que não existe)?

Imagine três filtros universais. Somente pessoas com essas três características podem chegar até você. Quais seriam os seus?

O Podcast

Depois delx, não consigo me apaixonar“. Alberto Lins (@alberto__lins), Maqui Nóbrega (@maqui.nobrega) e Michele Silva (@miiiblack), junto com Y, falam sobre estarem (ou não) sem fé no amor.

Me siga no Instagram: @controle_y

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *