Controle Y



Intimidade Intimida?

Tem que ter intimidade para Transar?

Controle Y Illustration Gay

Quando ele mandou a mensagem “cheguei”, percebi que eu não sabia nada do Cézar além da sua posição sexual. Vi fotos do pau mas não sabia nem o signo.

– Quer beber algo? Perguntei.
– “Não bebo!”

AI.CA.CE.TE! Nunca tive um date sem álcool. Peguei uma cerveja e dei um Yakult para ele na tentativa de descontrair. Ele fez um furo no fundo do Yakult e ficou chupando…Depois de muito silêncio e espera de atitude alheia, finalmente nos beijamos. Foi um beijo tipo Listerine: chega onde a escova de dente e o fio dental não alcançam. Em seguida transamos muito. Foi ótimo!

Apos obrigá-lo a tomar banho junto comigo (para não dar oportunidade dele me roubar), ele dormiu em casa.
Não sei o que me assustou mais: ele me abraçar para dormir ou que ele ter apneia do sono.

O gay roncava profundamente e de repente parava de respirar. Achei que ele iria morrer a qualquer momento! Será que um cadáver pelado na minha cama desvalorizaria o imóvel?
Já de manhã, o celular do Cézar tocou e com um selinho bem frio ele se despediu.

Encontrei o Cézar um tempo depois e ele fingiu que não me conheceu. Você chupou a bunda do Yakult e a minha, e não vai me dar um oi???
Engraçado como transar já não é mais sinônimo de intimidade.

PodCast

Episódio disponível em todas plataformas de streaming. É só procurar por Controle Y!

Ouça em outras plataformas:   Spotify   |   Deezer   |  Apple Podcast   |    Google Podcast   |   Anchor (gratuito)

Instagram: @controle_y


Preguiça de macho

Quem nunca teve um momento de preguiça de macho?
Ilustração preguiça de Macho Controle Y Gay
PEQUEI! Cometi o sexto pecado capital: a preguiça. É o quinto date que eu cancelo para ficar em casa sem fazer nada.

Já não tenho o mesmo empenho de antes. De disputar na internet, de dar biscoito, de ter paciência para joguinhos. Ando sem coragem até para mandar nude. Peco conscientemente. Estou com PREGUIÇA de macho!

A título de esclarecimento da confissão: queria um macho, porém preguiça de macho.

PodCast

Pecadoras, neste episódio do podcast, Kamila, Lucas e Y confessam suas heresias e fazem um teste para ver com quanta preguiça de homem/se relacionar eles estão. Rompompompom!

Ouça em outras plataformas:   Spotify   |   Deezer   |  Apple Podcast   |    Google Podcast   |   Anchor (gratuito)

Instagram: @controle_y


Luiz e o Flerte no Hospital parte II

Esta é a continuação de Luiz e o Flerte parte I. Clique aqui para ler.

Ilustração Gay Flerte Controle Y

– Quem é Lilian? Perguntei. – Minha noiva, vamos casar em quatro meses. Como você descobriu?

Ele foi bem direto. Só não me chocou mais do que quando me dei conta de que ELE ADMINISTRAVA UMA NOIVA, QUATRO CACHORROS, UMA CARREIRA DE MÉDICO E EU! Essa gay usava drogas, não é possível!

– Não vou terminar com ela. É complicado, mas quero continuar contigo, ele propôs.
“Ah, o compromisso é dele. Foda-se”. Decidi continuar do jeito que estava. E admito que ativei um modo de competição, de querer conquistá-lo.

Duas semanas depois, ele me avisou que não poderia me ver, pois iria para a formatura dela.

Pensei em quantas vezes aquilo iria se repetir. Já me imaginei numa janela de motel vagabundo dizendo, “Tá, pode ir ao aniversário do seu filho do meio, estou acostumado!”

No dia seguinte, ele veio à minha casa como se nada tivesse acontecido e eu tentei agir naturalmente.
– Me sinto tão aliviado, ele disse. – Como assim, perguntei.
– Você saber sobre a Lilian me tirou um peso enorme das costas.

Bateu, amiga! Tudo fez sentido. O pensamento ”Ele é quem tem o compromisso” é ridículo. Iríamos nos ver com base no COMPROMISSO dos dois. Eu estava no relacionamento…

– Deve ser porque você dividiu essa culpa comigo, Luiz. Respondi e em seguida terminei com ele por não estar mais a fim de participar daquilo.
Antes dele ir embora eu disse – “nem a conheci, mas a Lilian não merece isso. Ninguém merece”.

Isso sim é se sentir aliviado, Luiz, ter a consciência de que há tanta rola por aí, que não precisamos pegar as comprometidas ou enganar alguém.

Instagram: @controle_y