Controle Y



Tom e o equívoco

Equívoco: substantivo – erro ou má interpretação.

Controle Y Equívoco

Exemplo:

Conheci o Tom numa balada, e bêbados, fomos para a sua casa. Eu só sabia que ele beijava bem, era morador de Pinheiros e distraído – segundo o próprio, ele esqueceu a porta do apartamento aberta.

Fomos direto para o seu quarto. Tiramos toda a roupa e começamos a nos pegar. Parei tudo porque eu estava com a bexiga explodindo.

Enquanto ele arrumava a cama, fui ao banheiro – que estava com a porta trancada. Deve ser algum roomate dele, pensei.

“O que você está fazendo?”, perguntou Tom. Respondi que estava esperando alguém sair do banheiro. “QUEM!?!??”, indaga ele assustado.

Nesse mesmo momento, uma senhora grita do banheiro com uma voz de choro: “EU CHAMEI A POLÍCIA!”

Tom cometeu um EQUÍVOCO ao entrar no apartamento errado!!!

Já imaginei no Cidade Alerta: “SEM LOCAL – gays de p*u duro invadem apartamento de senhora e a matam do coração!”

Nem pude perguntar sobre o estado de saúde da senhora, já que o Tom não me respondeu no dia seguinte.

Instagram: @Controle_Y

Podcast

O Podcast do Controle Y vai ao ar a cada quinze dias. Sempre às quartas.

Ouça em outras plataformas:   Spotify   |   Deezer   |  Apple Podcast   |    Google Podcast   |   Anchor (gratuito)


Podcast: Amigo de Ex

É possível ser amigo de ex?

Ouça em outras plataformas:   Spotify   |   Deezer   |  Apple Podcast   |    Google Podcast   |   Anchor (gratuito)

Controle Y Amigo de Ex Ilustração

-“Mas ainda podemos ser amigos”

– Você está me dando um fora e ainda quer ser meu amigo?!? Tenho nove bons motivos para não sermos amigos:

1) Quero que você se foda!

2) ESTOU COM PREGUIÇA DE BALADA E DE REINSTALAR MEUS APLICATIVOS! VOCÊ VAI FAZER ISSO COMIGO MESMO?!?!?

3) Não consigo te ver com outra pessoa e manter meu réu primário.

4) EU JÁ TENHO AMIGOS!!!

5) Tenhos várias pessoas que eu queria pegar enquanto namorávamos. Tenho muito trabalho pela frente. Sem tempo, migs.

6)  Na primeira oportunidade em que beber, vou ficar te agarrando e chorando!

7)  Não sou eu! Acontece que meu organismo ativou um sistema de defesa: agora tudo o que você fizer irá me irritar!

8) VOCÊ ACABOU DE ESTRAGAR TRÊS DAS MINHAS MÚSICAS FAVORITAS, SEU MALDITO!

9)  Dependo que você esteja numa pior para eu ser feliz – tem certeza de que me quer como amigo?

O Podcast

Se você já ouviu “mas ainda podemos ser amigos” durante um pé na bunda e se revoltou, o Podcast do Controle Y desta semana é para você! Carol Kiyomi, Pedro Karg (@pedro.karg) e Y discutem os pontos de vista de quem é amigo (ou inimigo) de ex.


Flávio quer filmar transando?

“Vamos nos filmar transando?”

Controle Y Ilustração Gay Filmar transando

“Não sou fã de pornô”, foi o que eu disse para o Flávio quando ele sugeriu que filmássemos uma transa nossa.

Topei com a condição de que gravaríamos no meu celular e depois apagaríamos. Ok.

Luz, câmera, ação!

Começamos meio tímidos, mas logo nos empolgamos. Minutos depois estávamos gemendo muito alto e inventando posições – que claro, favorecessem o meu lado mais fotogênico.

Numa dessas posições iventivas tive uma mini câimbra, mas disfarcei perfeitamente! Flávio quase arrancou um pedaço da minha bunda com uma mordida, mas eu continuava com a cara de pleno. “Eu sou um porn star” – pensei!

Assim que acabamos, fomos logo assistir. Foi uma das situações mais horríveis em que já me vi na vida!!! É ai que você entende a importância da edição e da maquiagem nas genitais. O ângulo da câmera me deixou parecendo a Emanuelle depois da enchente, enquanto o Flávio era a Gretchen suada.

Deletei aquele gatilho em forma de vídeo e hoje em dia – fico noiado quando vou na casa de um cara e o notebook está apontado para mim. O medo de alguém me filmar transando é real!

Já o Flavio namora um cara e os dois tem um OnlyFans de casal. Não é que a bunda cabeluda dele faz sucesso?!