Não seja alguém de quinta

EXCLUSIVO: o Conselho de Ética aprova parecer pela cassação dos seguintes deputados:

– meu amor próprio
– minha autoestima
– minha dignidade
– minha vergonha na cara
– meu auto-respeito

A votação foi unânime na câmara, 1×0 a favor da cassação, voto do meu ex, Danilo.

Nem posso chamá-lo de ex. Meu ~relacionamento~ não passamos do ponto, ~seu wi-fi conecta automaticamente no meu celular, que fofo~. Ainda assim, foi intenso – não no bom sentido. No sentido de que sofri mais que puta com catapora e JESUS está em débito comigo. Chorei tanto que poderia usar 300ml das minhas lágrimas para fazer um miojo.

Acontece que, o sexo era tão bom que me dispersou e fez com que eu não me atentasse aos sinais básicos de que a pessoa não presta. Mentir, ficar mexendo no celular enquanto está com você, ficar olhando para tudo ao redor e principalmente, ENCONTROS COM VOCÊ SOMENTE DE QUINTA.

Sabe da onde surgiu o termo de quinta? Na Grécia, matavam-se os animais somente de sexta. A partir deste dia a carne era vendida. Logo, a carne de sexta e sábado eram as mais caras, por serem mais frescas. Consequentemente a de quinta se tornava a mais barata.

Ok, acabei de inventar tudo isso porque acho uma merda sair de quinta-feira. Quinta não tem a emoção de uma quarta, nem a empolgação de uma sexta e tão pouco a relevância de um sábadão.

O único problema foi ter percebido tudo isto quase tarde demais. Na cama dele, com ele em cima de mim. Tive que colocar um ponto final ali, naquele momento e suas notificações de celular (hornet, Grindr X, Tinder) não paravam de incomodar. Me levantei e ele perguntou (por educação, óbvio) se eu estava bem. Respondi que aquilo estava muito ruim. Ele ficou puto e falou “pau no seu cu”.

Me trocando respondi (pausadamente para o choque ser menor), “pau no seu cu, no da tua mãe, no do teu pai e até no da tua irmã recém nascida. Ah, e assuma logo essa calvície, para de tentar pentear esse cabelo da moleira para fazer uma franja, é ridículo!”

Ele ficou chocado. Eu também, Danilo, hereditariedade é algo muito cruel.