Controle Y



Rejeição: você tem medo?

Você tem medo de rejeição?

Ouça o podcast:

Ouça em outras plataformas:   Spotify   |   Deezer   |  Apple Podcast   |    Google Podcast   |   Anchor (gratuito)

Medo de Rejeição? Controle Y Ilustração

Se existir um banco de dados mundial construído através de roubo de informações privadas, no meu cadastro estará escrito “quase conseguindo lidar com rejeição”.

“Quase”, porque eu sei ouvir um não. Desde que eu tire alguma lição dele. Algo construtivo que possa fazer eu melhorar como ser humano. Acredito no poder transformador do não.

Quando finalmente estou aprendendo, eis que o destino coloca o Eric na minha vida.

Após quatro meses ficando, o que ele me dá, depois uma sequência de furos, é um FUCKING GHOSTING!

Nem para falar um clichê do tipo “o problema sou eu”, “não busco algo sério” ou “você não é carinhoso”. “Porque danças tão estranho?”, “você fala durante a noite e eu tenho medo”, “minha mãe te detesta”, “sua risada é estranha”. Nada! Nenhum material para ser trabalhado.

Lá no fundo eu sei que esperar e dar importância para o porque de um vagab0ndo – que, às vezes, nem sabe o motivo em si de estar terminado -, é como ter a expectativa de que o “conforto” de término venha do outro. É inútil. Valeu, Jussara (minha psicóloga)!

Eu te perdôo, Eric. MENTIRA! Te detesto. E para de dar like nas minhas fotos!!!

Rejeição

Para você, qual tipo de rejeição é pior? Aquela que a pessoa diz o motivo de não gostar mais de você ou quando ela simplesmente some?

Podcast

Junto das participações (mais do que) especiais de Brigitte e Nilo Caprioli (@nilinho_), Y debate o temido medo de rejeição. Como ela nos afeta e porque damos um peso tão grande. As piores historias de rejeição estão neste podcast.

O Podcast do Controle Y vai ao ar a cada quinze dias. Sempre às quartas-feiras. Em todas plataformas de streaming.

Instagram

@Controle_y


Troca de nudes e o Pietro

A troca de nudes virou um velório…

Controle Y Troca de Nudes

Defino o Pietro como uma conversa de WhatsApp que ninguém pode ver. Se minha mãe ler nunca mais olha na minha cara. Papo baixo, sabe?

O Pietro despertava o meu lado devasso e competitivo. A cada nude que ele mandava eu enviava outra mais provocativa. Quando achava que eu havia exagerado, ele me superava com uma baixaria ainda maior.

Um dia estávamos trocando stories. A brincadeira começou com ele beliscando o mamilo e terminou com muito troca de nudes e cada um se masturbando. Eu já havia gozado e estava me limpando. Eis que chega um vídeo bem produzido: ele tentando se chupar.

Eu estava naquele período pós-gozo – com nojo de sexo, sabe? Achei bizarro e ignorei.

Não satisfeito, Pietro enviou outro filminho. Dele sentando num desodorante aerosol!!!
Assim que vi aquilo, tive certeza que ele entraria pra a estatística de pessoas que vão parar em hospitais com objetos bizarros presos no ânus. Oito angustiantes segundos.

Ao invés de ser alarmista, falei: “você tirou a tampa? kkk” E o Pietro nunca mais me proporcionou momentos como este. Foi melhor eterniza-lo assim do que ele se tornar um daqueles caras que enviam tantas nudes que uma hora até perdem a graça – viram paisagem.

P.S.: Rexona, não te abandona.

Quer enviar a sua história?

Mande um e-mail para: contatodocontroley@gmail.com

Conte a sua história e mande uma foto da pessoa (ou apenas descreva como ela é fisicamente) para eu poder fazer a ilustração.

Ah, e não se preocupe. Sua identidade será mantida no mais absoluto sigilo, bb. 

Instagram: @Controle_Y

Podcast

O Podcast do Controle Y vai ao ar a cada quinze dias. Sempre às quartas. Tema do próximo episódio: Rejeição.

Ouça em outras plataformas:   Spotify   |   Deezer   |  Apple Podcast   |    Google Podcast   |   Anchor (gratuito)